Objecto identificado em feiras, romarias e afins Stop Usado para cargas e descargas Stop Pretende-se o seu efeito Prozaciano Stop Doseia Loucuras

20 julho 2006

Cansada é o estado de alma...

Voltei de um longo isolamento (obrigado Fartura 747 pelo asseguramento das funções do blog:).
Voltei de uma breve escapadinha de Lisboa para outras paragens onde o desbravar do conhecimento foi a razão para tal saída. E foi bom, muito bom.
Voltei de lá com a mesma sensação que trago em todos os momentos que se dá a partida daquelas bandas.
Mais uma vez penso que talvez faça parte daquele espaço...Onde espero voltar...Em breve.

P.s( Sim em frequência de nostalgia e é nessa frequência que vos deixo um refrão da música que me acompanhou durante a viagem - Flake - Jack Johnson)

"It seems to me that maybe
It pretty much always means no
So don't tell me you might just let it go
And often times we're lazy
It seems to stand in my way
Cause no one NO not no one
Likes to be let down "

Greentea

13 julho 2006

Sonia Baby

Estava eu, muito descansadita nas minhas leituras quotidianas dos meus jornais de eleição (e os nacionais também eheheh) e eis senão quando me deparo com uma notícia deveras caricata, da qual passo a transcrever excertos:
«Além do recorde (que pretende ser mundial) da performer espanhola Sonia Baby, que vai retirar da vagina uma corrente metálica com 20 metros de comprimento(...), a II Edição Internacional do Salão Erótico de Lisboa promete também uma zona de swing, destinada à troca de parceiros entre casais, e um espaço de 400 metros quadrados, palco de luta na lama entre mulheres.
(...)
Mas as proezas de Sonia não se esgotam neste número: "o meu show é muito divertido - consigo apanhar cadeiras, bandeiras e mesmo escrever com a vagina."»
Por muito aberta de espírito que seja e bastante criativa até, admito estar a falhar-me aqui algo certamente preponderante, pelo que peço a ajuda de todos, e essencialmente de V/ queridos leitores homens, que me expliquem o que existe de sensual ou excitante em ver uma gaja apanhar cadeiras com a dita. Se me dissessem que ela conseguia "engolir" a cadeira quase que entenderia o fascínio...agora apanhar...
Também me deixa perplexa o "escrever". Para que raio queremos nós que as nossas vaginas escrevam. Eu quero é que ela receba tinta ora essa. Agora escrever, quero lá eu saber. Homens desta vida, expliquem me tudinho que eu gosto de estar a par das "novidades".
Claro está que a história dos 20 m de corrente é mais facilmente entendível, mas olhem que, mesmo assim, a minha mente remete mais directamente para o intestino do que outra coisa qualquer (agora fiquei enjoada).
Esta questão preocupa-me deveras. Ora pois se agora a minha vagina tem de virar acrobata, um dia destes tenho um pretendente a querer atirar o corpinho todo lá para dentro. Meu senhores, com essa idade é suposto fazerem-nos filhos e não querem regressar ao ventre!
Ciccolina volta...está perdoada. Pelo menos esta estava na bancada parlamentar e fazia pornografia à séria. Quais cadeiras ou correntes...Italianos com ela!
Posto isto, aguardo as vossas teorias / explicações e dessejo-vos um óptimo fim-de-semana.
FARTURA 747

12 julho 2006

Portugal Portugal!!!! e a PMA...

Ora depois de uma pequena ausência motivada por (mais) um acidente de percurso, aqui venho eu cheia de veneno com uma notícia que ouvi esta manhã na rádio. Assunto: Procriação Medicamente Assistida (PMA).
Foi, FINALMENTE, discutida, votada em AR e aprovada (mesmo que a contra-gosto) a legislação em torno da PMA. Obvio que a nossa adorada ala direita da AR não podia deixar de agir não com a sua consciência mas sim com a do amado Clero e tinha de trazer à baila a discussão ética que essa sim é muito mais importante que a defesa dos direitos dos cidadãos têm de procriar.
Naturalmente, existem (e existirão sempre, felizmente) pontos que nos deixam na dúvida se esta ou aquela alínea não serão discutíveis mas, no meu entender, o que se deve reter é a globalidade do diploma e esse tem todo o interesse numa nação que tem cada vez mais dificuldades com a sua taxa de mortalidade e o envelhicimento da população.
Obviamente que agora o "tuga" vai falar do assunto com clara sabedoria e a revolta típica de quem se assume portador de uma ética intocável. Em nada interessam os n. casais que querem e tentam ter filhos sem conseguirem por vias ditas "naturais". O bem estar comum em nada interessa se isso não tiver a ver directamente com o seu umbigo... claro!
Enquanto cidadã socialmente activa deste pequeno "burgo" retenho aqui algumas das observações feitas esta manhã na rádio e que, confesso me suscitam algumas dúvidas e impõem alguns desabafos. Aqui vão eles:
1. O Clero, ou melhor dizendo, a Igreja Católica, informou que estava em desacordo com esta medida e que iria escrever a todos os católicos para que se manifestassem acerca do mesmo.
A 1ª observação que se me apraz fazer é "mas só os Católicos é que são filhos de Deus e só esses é que merecem a atenção da Igreja que se diz ser igual para todos?" Estamos no bom caminho...
A 2ª observação é "mas Deus não defende que os casais devem procriar? qual é a diferença de procriar via sexo ou via outra coisa qualquer? e o sexo não é pecaminoso?" estou baralhada...
A 3ª é "Não têm mais nadinha para fazer? Não é suposto a Igreja não poder fazer pressão sobre o Estado?" Irra...fartinha desta gente!
A 4ª é "nunca mais me peçam para deixar gorja na cestinha porque, pelos vistos há dinheiro. Sim, que um mailing destes não fica nada barato. " Haja Opus Dei a pagar facturas...(Ups! acho que isto não era para dizer...)
2.Deputados do PSD e PR estão preocupado com a "garantia da dignidade do embrião excluído de um projecto parental".
Ora pois bem...esta merece uma atenção especial e irão certamente desculpar-me a frontalidade com que me vou manifestar acerca deste ponto.
Quando os Senhores vão deixar o seu esperma nos bancos de dadores, logo à partida, a forma como o esperma é obtido não é dos mais dignos mas, não haja crise, e possam eles ver a sua tão dignificante pornografia que sempre é uma boa desculpa.
Ora se estamos a falar de esperma devidamente guardado aconselho a que, homens deste país, de cada vez que "batarem uma" , quando terminarem, não se esqueçam de guardar o respectivo em local bem acondicionado e de escreverem um requerimento para que se mantenha a dignidade do dito retido. Que hipocrisia minha nossa...Ou então o Clero que peça para condenarem também todos aqueles que batem uma punheta neste país. Ja agora!
Se estamos a falar de óvulos, queridas amigas, esqueçam lá o período fertil e todas as sensações que em nós provoca e respectivos líquidos que essa fase nos faz produzir em catadupa. Passem a guardar todos esses "corrimentos" em caixinhas herméticas que qualquer dia ainda nos prendem por não termos respeito à vida humana.
3.O sinal de mais óbvia discordância em relação a Cavaco veio do CDS, partido que defendeu uma consulta popular sobre a PMA.
Este é o último...prometo! Ó meus Senhores do CDS (ou PP? nunca sei muito bem ás quantas andamos...) tenham lá santa paciência com a história do referendo. Estamos todos um bocadinho fartos que nos tentem passar atestados de estupidez. Querem lá vocês saberem da nossa opinião. Querem sim é tentar ganhar tempo para envenenar a mente de todos os que não querem saber destas questões e impedir que se faça alguma coisa por todos os que lutam para terem filhos sem ter a capacidade financeira que todos vós têm para fazerem os respectivos tratamentos. Que cambada de cínicos! Vós que tendes um líder que se pavoneia em string rosa em balneários masculinos deviéis ter um pouco mais de vergonha em vir falar de ética ao país.
E pronto...como podem ter percebido sou plenamente favorável à implementação destas medidas. E quero mais! Abençoados os que tiveram a coragem de avançar com este diploma e ficamos a espera de dias melhores.
Peço desculpa pela linguagem adoptada mas a honestidade impunha-se e não podem haver meias palavras para se deizer o que se pensa.
Tenho dito....
FARTURA 747

04 julho 2006

A taradice impera....

Meus Senhores,
Ando parva de um todo. Não sei que diabos se passa comigo mas, apesar de todas as vicissitudes que teimam em assolar a minha vidinha, ando perfeita e totalmente fora de mim.
Rio por tudo e por nada. Sinto uma vontade louca de dizer e fazer disparates em catadupa e transbordo de energia. Quem me rodeia anda radiante pois a boa disposição reina e apetece-me tudo excepto trabalhar o que faço em estado mecânico de obrigação. Mas aproveito sempre para fazer uma piadinha. O perigo disto é que este estado de espírito me põe no meu "estado verdade", i.e., digo tudo aquilo que penso numa versão cómica / irónica.
Exceptuando um episódio ocorrido ontem que me deixou entre o nojo e a fúria, tenho estado nesta versão tresloucada. Espero que isto me passe e consiga regressar a um equilíbrio mais saudável e....rapidamente. Pois, por estes dias, a taradice impera! E os vizinhos devem estar fartos dos cantares castelhanos que reinam pela "casa das bonecas" (marida, não te preocupes, eu adoro esses momentos.....)
O pior disto tudo, é que ainda não descobri a causa para todo este ânimo. Mas eu chego lá...e, quando chegar, prometo contar-vos....
Até sempre!
FARTURA 747

02 julho 2006

Partilhas....

Descobri esta canção por mero acaso, mas em boa hora! Não resisti a partilhar convosco este meu novo vício musical. Simplesmente...fantástica! Espero que gostem....

I've been high,
I've been low
I've been fast,
I've been slow
Having no where to go
Missed the bus, missed the show
I've been down on my luck
I've felt like giving up
My life locked in the trunk
When it hurt way too much
Needed a reason to live
Some love inside me to give
I couldn't restI had to keep on searching
Chorus:
Te busqué
Debajo de las piedras y no te encontré
En la mañana fría y en la noche
Te busqué, hasta enloquecer
Pero tu llegaste a mi vida como una luz
Sanando las heridas de mi corazón
Y haciendome sentir vivo otra vez
I've been too sad to speak
And too tired to eat
Been so low that I say
The world cut off my wings
I've been hurt by my past
But I feel the future in my dreams
And at last I wake up I'm not sure
I wanted to find a light
Something just didn't feel right
Needed an answer to end all my searchin'
(Chorus)Spoken:
I look in the mirror, the picture's getting clearer
I wanna be myself, but does the world really need her?
I ache for the earth, I stop going to church
I seek god in the trees, makes me fall on my knees
My depression keeps building
Like a cup overfillin'
My hearts so rigid, I keep it in a ???
It hurts so bad that I can't dry my eyes
Cause I keep on refilling it with the tears that I cry
(Nelly Furtado)

FARTURA 747

29 junho 2006

So para registar...

Que a minha pipoca linda começou a sua aventura pelos passinhos :D


Greentea

28 junho 2006

Perdoem-me


Mas por aqui o tempo não tem sido nenhum :(
Iscte como segunda casa, pouco ou nenhum tempo para os amigos.
Nenhum tempo para a minha cama, aliás parece que tenho o meu relógio biológico mais afinado que nunca, isto é, uma hora antes de o despertador tocar ja estou mais que acordada e nada consegue por-me a descansar por mais uma hora.
Sei que este é o esforço final...portanto eu vou voltar...mais uns dias e volto...
Até lá perdoem-me...
Beijocas e abraços:) de uma greentea que neste momento deixou de lado o culto ao chá e anda mais numa de ganhar asas com o sempre amigo bull...red bull

Greentea

23 junho 2006

Next...

Só me faltava mais esta...bati com o carro!!!

Ele que acaba de chegar da oficina depois de um arranjo de 600€...pimba!

P... de sorte a minha...

FARTURA 747